Amigo, se ben hajades

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amigo, se ben hajades
por Estevan Reimondo


Amigo, se ben hajades,
rogo-vos que mi digades:
     por que non vivedes migo,
     meu conselh'e meu amigo;
     por que non vivedes migo?

Se mi vós tal ben queredes,
amigo, qual mi dizedes,
     por que non vivedes migo,
     meu conselh'e meu amigo;
     por que non vivedes migo?

Pois eu nada non desejo
senón vós, u vos non vejo,
     por que non vivedes migo,
     meu conselh'e meu amigo;
     por que non vivedes migo?

Pois non desejei al nada
senón vós desta vegada,
     por que non vivedes migo,
     meu conselh'e meu amigo;
     por que non vivedes migo?