Amor (Boswell)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Deus é Amor
por Robert Boswell, traduzido por Salomão Luiz Ginsburg
Cântico integrante de Cantor Cristão


Qual o adorno desta vida? É o amor.
Alegria é concedida pelo amor.
É benigno, é paciente,
Não se torna maldizente (bis)
Este meigo amor.

Com suspeitas não se alcança doce amor.
Onde houver desconfiança, ai do amor.
Pois mostremos tolerância;
Muitas vezes a arrogância (bis)
Murcha e mata o amor.

Inda quando for custoso, nutre amor,
Ao irado e mui furioso mostra amor.
Não te dês por insultado,
Mas responde com agrado, (bis)
Vence pelo amor.

Não te irrites, mas tolera, com amor.
Tudo sofre, tudo espera pelo amor.
Desavenças e rancores
Não convém a pecadores (bis)
salvos pelo amor.

Pois, irmão, ao teu vizinho mostra amor.
O valor não é mesquinho deste amor,
O supremo Deus nos ama,
Cristo para os céus nos chama, (bis)
Onde reina o amor.