Ando coitado por veer

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ando coitado por veer
por Joan Lopez d'Ulhoa


Ando coitado por veer
um home que aqui chegou,
que dizem que viu mia senhor;
e dirá-me se lhe falou.
       E falarei com el muit'i
       em quam muit'há que a nom vi.
  
Por amor de Deus, quen'o vir,
diga-lhe que sa prol será
de me veer. E veê'-l'-ei
porque a viu, e falar-mi-á.
       E falarei com el muit'i
       em quam muit'há que a nom vi.
  
Ca muito per há gram sabor,
quem senhor ama, de falar
en'ela, se acha com quem;
e por en vou aquel buscar!
       E falarei com el muit'i
       em quam muit'há que a nom vi.
  
Pero sei eu dela, de pram,
 ca nom m'enviou rem dizer,
mas do hom'hei eu gram sabor,
porque a viu, de o veer.
       E falarei com el muit'i
       em quam muit'há que a nom vi.
  
Ca nunca vi, des que a vi,
outro prazer, se a nom vi.