As coisas que errei na vida

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As coisas que errei na vida
por Fernando Pessoa


As coisas que errei na vida
São as que acharei na morte,
Porque a vida é dividida
Entre quem sou e a sorte.

As coisas que a Sorte deu
Levou-as ela consigo,
Mas as coisas que sou eu
Guardei-as todas comigo.

E por isso os erros meus,
Sendo a má sorte que tive,
Terei que os buscar nos céus
Quando a morte tire os véus
À inconsciência em que estive.