Briga, briga

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crônica do Viver Baiano Seiscentista* por Gregório de Matos
Briga, briga


pois sabe, que hás de apanhar
mais de quatro bordoadas
Pe. Lourenço Ribeiro, vigário de Passé
 
Ilustre e reverendo Frei Lourenço,
Quem vos disse, que um burro tão imenso,
Siso em agraz, miolos de pateta
Pode meter-se em réstia de poeta?