Cidade Encantamento

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cidade Encantamento
Letra por Idiney Gonçalves de Oliveira
Melodia por Rubens Parada
Hino do município de Araras

Incrustada na Pátria altaneira,
Como jóia de raro esplendor
Tu traduzes, Araras faceira
A bonança, o progresso, o valor...

As canções do trabalho pujante
Desde o tempo dos velhos barões
Te fizeram tão grande e vibrante
Que transbordam dos bons corações.

Ó Cidade Encantamento,
Jovem, bela, varonil
Ó Cidade Encantamento,
Esperança do Brasil.

Das primeiras tu fostes na história
A romper os grilhões dos escravos
E te encheste de paz e de glória,
Orgulhosa de filhos tão bravos...

Sob o manto da Virgem Maria
O teu povo é ordeiro e cristão,
Cada prece do teu dia-a-dia
E a mais doce sublime oração.

Ó Cidade Encantamento,
Jovem, bela, varonil
Ó Cidade Encantamento,
Esperança do Brasil.

Quando a árvore amiga plantaste,
Numa festa jamais esquecida,
A ternura que então revelaste
É por todos agora seguida.

Cana cana-de-açúcar de pé
Se traduz em riqueza nos lares,
Mas plantaste também o café
E as laranjas dourando os pomares.

Ó Cidade Encantamento,
Jovem, bela, varonil
Ó Cidade Encantamento,
Esperança do Brasil.

As indústrias, escolas, usinas,
Prenunciam radioso futuro
E o vigor dos teus jovens destinas
Ao timão do teu barco seguro.

Minha terra, feliz paraíso,
Neste ardente lampejo de afeto
O teu solo desejo por piso
E o teu céu sempre azul como teto.

Ó Cidade Encantamento,
Jovem, bela, varonil
Ó Cidade Encantamento,
Esperança do Brasil.