Criança, era outro

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Criança, era outro...
por Fernando Pessoa


Criança, era outro...
Naquele em que me tornei
Cresci e esqueci.
Tenho de meu, agora, um silêncio, uma lei.
Ganhei ou perdi?