D. Philippa de Lencastre

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Que enigma havia em teu seio
Que só genios concebia?
Que archanjo teus sonhos veio
Vellar, maternos, um dia?

Volve a nós teu rosto serio,
Princeza do Santo Gral,
Humano ventre do Imperio,
Madrinha de Portugal!