Faltava para alegria

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ao mesmo capitão chegando a Madre de Deos onde o poeta assitia, a huma festividade com suas três irmaãs sendo Dona Angela huma delas e portento mayor da formosura por quem se desvellou o poeta como veremos no quarto tomo.
por Gregório de Matos
Poema agrupado posteriormente e publicado em Crônica do Viver Baiano SeiscentistaOs Homens BonsEspada e Espadilha

Faltava para alegria
desta festa a vossa vinda,
que só fica sendo linda
assistindo vós ao dia:
confesso, que não sabia
de tão ditosa ocasião,
mas agora em conclusão
protesto com viva fé
ir-me pôr ao vosso pé,
para beijar-vos a mão.