Hino do município de Bom Jardim de Minas

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Bom Jardim de Minas
Letra por Antoninho Altomare de Carvalho
Melodia por Antoninho Altomare de Carvalho
Hino do município de Bom Jardim de Minas oficializado pela Lei Municipal Nº 1449/2015, de 21 de dezembro de 2015.

Dentre as flores nas plagas sul mineiras
Bom Jardim és a mais rara e bela
O futuro no limiar da glória,
Na cordilheira azul da Mantiqueira

Paisagens, prados, montes e aves
Jorram cascatas transparentes águas
Rebanhos pastam em frescas relvas
Pinheiros, braços abertos abraçam

Borboletas azuis colorem os ares
Os ipês e quaresmeiras se vestem
Veludo negro de estrelas são as noites
Em prateados e lindos luares

Caxambu soberbo, cortina muralha,
E ofuscado em brancas névoas,
Os orvalhados cristais na relva,
O Rio Grande sereno caminha

Cor e aromas de mato vim buscar,
Bem no cimo das montanhas Gerais
Cachoeiras vertem nas virgens matas
Índios Puris aqui também pisaram

As colheitas fartas, presente de Deus,
Os belos prados cobriu de musgo,
Os nossos morros pincelou de verde,
Brotou das fontes as mais águas puras

Diamantes, ouro em Minas afloram,
Arte barroca nos altares dourados,
Rota caminho da Estrada Real
E do Brasil, berço da Liberdade

Violões, serestas, noites quietas,
O trem de ferro nos outeiros apita,
Torrão natal és o meu paraíso
Geada branca nos vales se põe

Terra mãe do saber é santuário,
Capela Branca nos deu história,
Cantada em versos, joia serrana,
És o legado de Arriaga e Lacerda