Hino do município de Itaueira

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Itaueira
Letra por Maria Rêgo do Amorim
Melodia por Adalberto Borges Cipriano

Terra boa de Itaueira,
Povo bom hospitaleiro,
Vamos cantar tuas terras,
Tuas matas e ribeiras,
És a capital do milho,
Também produz algodão, fava danta,
E castanha, mandioca, arroz e feijão,
Tens um comércio elevado,
Que chama toda atenção.

Itaueira, Itaueira,
Terrinha boa do teu povo,
És altaneira. (BIS)

És um pedaço de terra,
Com formato triangular,
De Floriano és vizinho,
Te desligaram de lá,
Já o Rio Grande e Flores,
Se desligaram de ti,
Ficas bem localizada,
No centro do Piauí.

Itaueira, Itaueira,
Terrinha boa do teu povo,
És altaneira. (BIS)

Tua criação de gado,
É mesmo espetacular,
E da tua agricultura,
Não se pode reclamar,
As tuas terras são férteis,
Tudo o que se planta dá,
Vem gente de outros estados,
Para aqui se implantar.

Itaueira, Itaueira,
Terrinha boa do teu povo,
És altaneira. (BIS)

O teu vale, ó Itaueira,
Veio beneficiar,
Os teus filhos que trabalham,
Neste solo sem cessar,
Entra inverno e sai inverno,
Eles sempre a confiar,
No Bom Jesus, padroeiro,
Sem nunca desanimar,
Ele nunca te abandona,
Este povo popular.

Itaueira, Itaueira,
Terrinha boa do teu povo,
És altaneira. (BIS)