Hino do município de Oeiras

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hino do município de Oeiras
Letra por José Expedito de Carvalho Rêgo
Melodia por Dionísio Rosa Reis


Depois de vagar nos mais rudes labores
Mafrense estacou
Da terra entre morros tomado de amores
Aqui se plantou

Oeiras invicta
Tu sempre serás
Ó terra bendita
De amor e de paz

Do Mocha a corrente a mirar cristalina
Nasceste feliz
Ali do Rosário na doce colina
Que a lenda nos diz

Agora cresceste do morro do Leme
Ao morro da Cruz
Levantas a fronte de quem nada teme
Nos dias de luz

Tu foste sem dúvida o berço fadado
Do teu Piauí
E as glórias maiores dos tempos passados
colhemos aqui

Também no futuro nós cremos Oeiras
coberta de louros,
serás por teus filhos malgradas canseiras
da sorte e desdouros.