Hynno Nacional

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hynno Nacional
por Machado de Assis
Hino Nacional escrito por Machado de Assis e publicado pelo jornal O Constitucional dia 11 de dezembro de 1867 (sem citar o autor[1]), que havia sido anunciado pelo jornal O mercantil do dia 8 de dezembro[2] feito para comemorar o aniversário de 42 anos de Pedro II [1]. Com a descoberta, essa é a quarta letra feita para o Hino durante o Império. [3]


Enche o peito brasileiro
Dôce luz, almo fervor,
Ante o dia abençoado
Do seu grande Imperador

             Das florestas em que habito
             Sólto um canto varonil:
             Em honra e gloria de Pedro
             O gigante do Brazil.

Em firme throno sentado
O colosso Imperial
Tem por base de grandeza
O coração nacional.

             Das florestas em que habito
             Sólto um canto varonil:
             Em honra e gloria de Pedro
             O gigante do Brazil.

Correm annos, e este dia
Surge na terra da Cruz:
Abre-se a alma do povo
Jorra do Céo nova luz.

             Das florestas em que habito
             Sólto um canto varonil:
             Em honra e gloria de Pedro
             O gigante do Brazil.

  1. 1,0 1,1 Pesquisador encontra letra do hino nacional inédita escrita por Machado de Assis
  2. Descoberta inédita letra de Machado de Assis para o hino nacional
  3. Versão do hino nacional composta por Machado de Assis é encontrada na Biblioteca Pública de SC