João Ferreira de Almeida (1819)/Exodo/V

Wikisource, a biblioteca livre
< João Ferreira de Almeida (1819)‎ | Exodo
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O Segundo Livro de Moyses Chamado Exodo - Capitulo V
por João Ferreira de Almeida


  1. E despois foraõ Moyses e Aaron, e disseraõ a Pharaó: Assi dis JEHOVAH o Deus de Israel; deixa ir meu povo, paraque me celebre huã festa no deserto.
  2. Mas Pharaó disse: Quem he JEHOVAH, cuja voz eu ouvirei pera deixar ir a Israel? Naõ conheço a JEHOVAH, nem taõ pouco deixarei ir a Israel.
  3. E elle disseraõ: O Deus dos Hebreos nos encontrou: portanto deixa agora ir-nos caminho de tres dias ao deserto, paraque sacrifiquemos a JEHOVAH nosso Deus, e elle naõ venha sobre nós com pestilencia, ou com espada.
  4. Entaõ disse lhes el Rey de Egypto: Moyses e Aaron, porque fazeis cessar o povo de sua obra? Ide a vossos cargos.
  5. E disse tambem Pharaó: Eis que o povo da terra ja he muito, e vos fazeis cessálos de seus cargos?
  6. Portanto mandou Pharaó naquelle mesmo dia a os mandadores do povo, e a os governadores delle, dizendo:
  7. D’aqui em diante naõ mais dareis palha a o povo, para fazer ladrilhos, como fizestes hontem e ant’ontem; vaõ elles mesmos, e colhaõ palha para si.
  8. E lhes imporeis a contia dos ladrilhos, que fizeraõ hontem e ant’ontem: nada diminuireis della, porque andaõ ociosos; por isso clamaõ, dizendo: Vamos, sacrifiquemos a nosso Deus.
  9. Agrave se o serviço sobre estes homens, paraque se ocupem nelle, e naõ confiem em palavras de mentira.
  10. Entaõ sahiraõ os mandadores do povo, e seus governadores, e fallaraõ a o povo dizendo; Assi diz Pharaó, eu naõ vos darei mais palha.
  11. Ide vos mesmos, e tomae vos palha d’onde a achardes: porque nada se diminuirá de vosso serviço.
  12. Entaõ o povo se espalhou por toda a terra de Egypto, a colher rastolho em lugar de palha.
  13. E os mandadores os apertavaõ, dizendo: Acabae vossa obra, a tarefa de cada dia em seu dia, como quando avia palha.
  14. E açoutavaõ a os governadores dos filhos de Israel, que os mandadores de Pharaó tinhaõ posto sobre elles, dizendo: porque naõ acabastes vossa tarefa, fazendo ladrilhos como antes, assi tambem hontem e hoje?
  15. Poloque foraõ se os governadores dos filhos de Israel, e clamaraõ a Pharaó, dizendo: porque fazes assi a teus servos?
  16. Palha se naõ dá a teus servos, e nós dizem: Fazei os ladrilhos: e eis que teus servos saõ açoutados; porem teu povo tem a culpa.
  17. Mas elle disse: Andais ociosos, ociosos andais: por isso dizeis; vamos, sacrifiquemos a JEHOVAH.
  18. Ide pois agora, trabalhae; porem palha se vos naõ dará: com tudo dareis a conta dos ladrilhos.
  19. Entaõ os governadores dos filhos de Israel viraõ se em affliçaõ, porquanto se dizia: Nada diminuireis de vossos ladrilhos, da tarefa do dia em seu dia.
  20. E encontraraõ a Moyses e a Aaron, que estavaõ em fronte delles, quando sahiraõ de Pharaó.
  21. E disseraõ lhes: JEHOVAH attente sobre vos, e julgue isso, porquanto fizestes feder nosso cheiro diante de Pharaó, e diante de seus servos, dando lhe a espada nas maõs, para matar a nós.
  22. Entaõ se tornou Moyses a JEHOVAH, disse: Senhor! porque fizeste mal a este povo? porque me enviaste agora?
  23. Porque desde que entrei a Pharaó, pera fallar em teu nome, elle mal tratou a este povo; e taõ pouco tu livraste a teu povo.