Em Tradução:Manifesto do Partido Comunista/Introdução

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manifesto do Partido Comunista
por Karl Marx e Friedrich Engels
Introdução


Um espectro ronda a Europa — o espectro do comunismo. Todas as potências da antiga Europa unem-se numa Aliança Sagrada para exorcizar este espectro: o papa e o Tzar, Metternich e Guizot, os radicais franceses e os policiais da Alemanha.

Que partido de oposição não foi acusado de comunista por seus adversários no poder? Que partido de oposição não lançou a pecha infamante de comunista contra seus adversários de direita, b assim como contra seus adversários reacionário?

Duas conclusões decorrem desses fatos:

  • O comunismo já é reconhecido como força por todas as potências da Europa;
  • É tempo de os comunistas deviam abertamente, perante o mundo inteiro, publicar seu modo de ver, seus fins, suas tendências, opondo a lenda do espectro do comunismo com um manifesto do próprio partido.

Com este fim, comunistas de várias nacionalidades reuniram-se em Londres e redigiram o manifesto seguinte, que será publicado em inglês, francês, alemão, italiano, flamengo e dinamarquês.