Na Via Appia

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

..Ei-los passam enfim, capacetes brunidos...
Purpureia, assombroso, oceano flamejante
De mil togas flutuando. E ebria, nesse instante,
Uma pompa de fogo os plebeios sentidos.

Lá vão rufos leões, a áureos carros jungidos,
Ao concento da voz dos histriões em descante.
De volúpia, a marmórea, a Carne eletrizante,
É qual lírio que vai de pétalos flectidos.

Nua! — à espádua esparzida a manhã dos cabelos —
Nua! na esplendidez que, Áureo Sonhar, prelibes...
Como em leito de sol, levam-na, doce fardo,

Cordos núbios de bronze, — agitando flabelos
Da plumagem real e centínea das íbis,
Por seu rosto de alambre aromado de nardo...