Ondas do mar de Vigo

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
Ondas do mar de Vigo
por Martim Codax
Cancioneiro da Biblioteca Nacional 1278, Cancioneiro da Vaticana 884, Pergaminho Vindel 1


Ondas do mar de Vigo,
se vistes meu amigo!
E ai Deus, se verrá cedo!

Ondas do mar levado,
se vistes meu amado!
E ai Deus, se verrá cedo!

Se vistes meu amigo,
o por que eu sospiro!
E ai Deus, se verrá cedo!

Se vistes meu amado,
por que hei gran cuidado!
E ai Deus, se verrá cedo!