Ozymandias (Smith)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ozymandias
por Horace Smith


No silêncio da areia do Egito, totalmente sozinha
  Está uma perna gigante, que mostra de longe
   A única sombra que o Deserto conhece —
"Eu sou grande Ozymandias," diz a pedra,
      "O Rei dos Reis. E esta poderosa Cidade mostra
"As maravilhas da minha mão." - Mas a Cidade se foi, -
      E nada, a não ser a perna resta para revelar
O lugar desta esquecida Babilônia.


Assim como nos perguntamos - algum Caçador também poderá expressar
A mesma dúvida que nós, quando ao cruzar a imensidão,
      Onde Londres ficou em pé, mantendo o Lobo em perseguição,
Encontrar algum fragmento enorme e parar para adivinhar
      Qual foi a poderosa, mas não registrada raça
      Que outrora habitou naquele lugar aniquilado.


Heckert GNU white.svg Este trabalho foi publicado nos termos da GNU Free Documentation License.