Página:A Guerra de Canudos.djvu/336

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
282
A Guerra de Canudos

Depois de demorar-se um pouco em Juá, afim de dar algum descanço ao 22°. batalhão, estropeado pelos accidente do terreno, aturando sól abrazador, a força marchou, tendo na vanguarda o dito corpo, indo acampar na fazenda Penedo, onde ha um pequeno poço, além da agua do Caldeirão, vasta cavidade granitica, natural, onde conserva agua de chuvas.

Finalmente, ao amanhecer de 7, as forças ao ouvirem o echo da artilharia, salvando em Canudos á data da Independencia, marcharam em demanda das temerozas posições do Cambaio, celebres pelas renhidas pugnas travadas pelas forças do major Febronio de Brito. A expedição voltava para Canudos e realizava temerária façanha, atravessando aquelles longos e abaluartados desfiladeiros, que bem podiam estar guarnecidos pelos fanaticos.

Como vanguarda, marchava o bravo 34°. batalhão. No lugar denominado Camello, houve pequena parada para descanço, após á qual a marcha proseguiu céleramente, com o fim de evitar que o inimigo descobrisse as intenções da columna operante.

Desde que os fanaticos occupassem as terriveis fortificações naturaes do Cambaio e nellas se estabelecessem, estaria por terra todo o plano elaborado e até ali posto admiravel-