Página:A Guerra de Canudos.djvu/88

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
74
A Guerra de Canudos

uma outra contornar por longe e carregar a baioneta. Deve-se procurar fazer prisioneiros.

Todo soldado deve considerar com um dogma, que o fogo feito inutilmente enfraquece-o, faz perigar a sua própria segurança e dá enorme força moral ao inimigo, pelo que só deve atirar no inimigo que vê.

A vanguarda de uma força em marcha, deve ter como caracteristico principal o movimento e a audacia, isto é, independente de ordem, bate o inimigo onde encontra-o e persegue-o.

A vanguarda de uma força estacionada tem por principal dever a resistencia.

Todo chefe deve ter muito em vista que sempre deve ter comsigo uma reserva e que o emprego d'ella provará o seu talento, ou inaptidão militar.

Atacar uma posição de frente, sem combinar esse ataque com outro de flanco, é sempre um erro, salvo si este é o ponto fraco.

E' vantajoso se contornar sempre que se fôr atacado na estrada; para isso, o commandante da força que receber o ataque de frente, deve ter o maior cuidado em