Página:A Patria Brazileira.djvu/129

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 113 —


Geraes, Goyaz, S. Paulo e Paraná, separando o Brazil da Republica do Paraguay;

S. Francisco, 2.900 kilometros, nasce na serra da Canastra, em Minas Geraes, e separa o Estado da Bahia do de Pernambuco e o de Alagôas do de Sergipe, entrando no Oceano dez léguas abaixo da cidade de Penêdo, no Estado de Alagôas;

Tocantins, 2.640 kilometros, que não é propriamente affluente do Amazonas, communicando-se, entretanto, com este, perto da foz, pelo canal Tagypurú, nasce em Goyaz formado pelos rios Maranhão e Piratininga, recebendo na margem esquerda, entre outros, o Araguaya, e precipita-se no Oceano pelo Estado do Pará, entre a margem oriental da ilha de Marajó e o ponto Tigicioca;

Paraguay, 2.078 kilometros, nasce na serra Parecis no Estado de Matto Grosso;

Parnahyba, 1.766 kilometros, vem da serra Tabatinga, no Estado de Goyaz, separa o Estado do Maranhão do de Piauhy, lançando-se no Oceano abaixo da cidade da Parnahyba, no ultimo;

Uruguay, 1.650 kilometros, nasce na serra do Mar, no Estado do Rio Grande do Sul, e desemboca no rio Paraná;

Iguassú, 1.320 kilometros, affluente do rio Paraná, com bellas cachoeiras, entre as quaes o famoso salto das Sete Quedas;

Rio das Velhas, 1.135 kilometros, affluente do rio S. Francisco;

Jequitinhonha, 1.082 kilometros, nasce na serra Pedra Redonda, no Estado de Minas Geraes, e entra no Oceano abaixo de Belmonte, no Estado da Bahia;

Gurupi, 800 kilometros, separa o Estado do Pará do de Maranhão.

Não invejam nossos rios a famosa cachoeira do Niagara, nos Estados Unidos da America do Norte.