Página:A Patria Brazileira.djvu/186

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 170 —


O General Silva Tavares um accôrclo honroso, de que resultou a amnistia aos revolucionários votada depois pelo Congresso.

Vem a propósito, tratando desses acontecimentos, narrarvos aqui dois incidentes, entre outros, que bem demoiístram o caracter altivo e enérgico do Marechal Floriano, cognominado o — Marechal de Ferro —.

Pretenderam um dia os representantes diplomáticos de diíferentes nações, no Rio de Janeiro, eífectuar o desembarque de marinheiros dos respectivos vasos de guerra surtos na Lahia de Guanabara, para garantirem em terra os interesses de seus compatriotas, incumbindo-se um delles de perguntar ao Presidente da Republica como receberia aquella resolução.

Consultado, o Marechal Floriano, indignado e resoluto, responde simplesmente: — Á haJa.

Xão se falou mais no desembarque, que seria, com eífeito, uma aíFronta á nossa Pátria.

O outro facto é relativo a Saldanha da Gama: vencido e asylado, como já dissemos, a bordo da MindeUo, alguém que era seu inimigo, ou que desejava insinuar-se bem no animo do Marechal Floriano, vencedor, em conversa com este qualiflcára de cobarde a resolução daquelle.

Floriano, levantando-se bruscamente, responde: «Entre os Ahnwantes hrazUeiros não ha cobardes! O Ahniranie Saldanha é um bravo, cujo heroísmo faz honra aos militares brazileiros».

Falemos agora da bahia de Todos os Santos, em cuja margem está situada a cidade de S. Salvador, Capital do Estado da Bahia, descoberta, em 1501, por Christovam Jacques, que lhe deu aquella denominação.