Página:A Patria Brazileira.djvu/335

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
315


Santos-Dtimout diz «bons dias!» com o gesto amigável de um viajante á portinhola de sen vagão, aos numerosos espectadores apinhados nas três plataformas, que o acclamam com os seus bravos.

Os que tiveram a fortuna de ver isto, nunca mais o esquecerão em toda a vida. Tiveram a sensação de ver alguma cousa de genial pairar por cima de si. Esta data de 13 de Julho de 1901 ficará gravada em grandes lettras de ouro na historia.

Ás 7 6 20 o dirigivel achava-se de novo por cima do parque do Aero-Club, havendo eííectuado o percurso em 40 minutos.»

Fazendo ainda outras experiências, de que escapou muitas vezes, milagrosamente, á morte, no intuito de aperfeiçoar mais e mais seu invento, realizou em 19 de Outubro do mesmo anno, em Pariz, a prova decivisa, com o balão Santos DuMONT N° 6, a respeito da qual transplantaremos para aqui a noticia, que lemos algitres:

«Ás 2 horas 25 minutos da tarde dess3 dia memorável, ao sair o balão, o giáde-rope embaraçou-se nos galhos de uma arvore, o que obrigou o aeronauta a efiectuar nova partida.

Foi então o S mitos- Dumo7it n 6 reconduzido ao Parque do Aero-Club, € ás 2 horas e 42 minutos se* elevou novamente ao ar, ficando á altura do leito do Sena. Depois de pequena manobra, o balão partiu a toda a velocidade, fazendo rumo ao Campo de Marte. Ao som das acclamações enthusiastas da população dispersa por vários pontos apropriados para

Siiiiios Dumoiil