Página:A escravidão dos negros.pdf/114

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
110
A ESCRAVIDÃO


de Ternai enviou o Snr. Tromelin, em 1776, com a corveta Sylphide em busca dos infelizes que ainda restassem apóz 15 longos annos de abandono, durante os quaes não ha noticia de nem uma tentativa séria feita em favor d’elles. Foram encontrados ainda 7 negras e 1 criança nascida n’esse desterro; os homens linham perecido todos, ou de miseria e desespero, ou tentando salvarem-se em jangadas construidas com os destroços do Utile. As negras encontradas tinham arranjado para si coberturas de pennas de passaros sorprehendidos por ellas. Uma d'essas coberturas foi mostrada ao Snr. de Sartine.

— Em 1767, o commandante Moreau do navio Le Favori reconheceu as Iles Adu; enviou á terra, em uma canôa, o Snr. Rivière, official de bordo, e 7 homens da tripolação, 2 brancos e 6 negros. Tendo, porém, o navio sido impellido pelas correntes para longe de sua derrota, o commandante entendeu dever abandonar a canôa. Os 8 honmens assim abandonados nas Iles Adu to- maram a resolução de encher a cauda de côcos e tentar ganhar a India. Paia augmentar a provisão, prenderam ainda a canôa uma jangada cheia de côcos. infelizmente, porém, no fim de 3 dias, tendo-se encapellado o mar. viram-se os tripolantes na necessidade de abandonar a jangada; e, como então a provisão tornára-se insufficiente para 8 homens, os brancos propozeram lançar os negros ao mar. O Snr. Rivière rejeitou horrorisado semelhante proposta, dice que a desgraça os tornai a á todos eguaes, que os côcos seriam destribuidos egualmente por todos, e que morreriam ou se salvariam todos junctos. Só havia viveres para 13 dias; foi de 38 a travessia. Chegaram, finalmente, mortos de fome e de cansaço, perto de Calicut, na foz de um rio. A canôa encheo-se d’agua ao transpôr a embocadura do rio, mas todos se salvaram. O Snr. Rivière recuperou dentro em pouco suas forças e sua saúde, e continuou a prestar serviços ao paiz; e quando, passados annos inqueriam n’o a respeito de tal aventura e sobre o capitão que o abandonára, respondia simplesmente:— Fiz voto, em meu infortunio, de não fallar d’elle, nem em bem, nem em mal.