Página:A guerra europea, discurso proferido pelo Ministro da Fazenda por David Lloyd George.pdf/5

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
5
"A CONFIANÇA DA BELGICA."

A Belgica foi tratada brutalmente—(Ouçam, ouçam)—e ainda não sabemos até que ponto chegou a brutalidade, o que sabemos porem já é demais.   O que é porem que ella tinha feito ?   Por ventura havia mandado um ultimatum a Allemanha ?   Tinha ella desafiado a Allemanha ?   Estava-se preparando para guerrear a Allemanha ?   Per ventura commettera ella alguna acção que o Kaiser considerasse de seu dever desaggravar ?   Pelo contrario era ella uma das mais inoffeisivas potencias pequenas de Europa.   (Ouçam, ouçam.)   Pacifica, industriosa, economica, trabalhadora não offendendo a ninguem.   Os seus campos de trigo tem sido talados, as aldeias incendiadas, suas obras d'arte destruidas os seus homens chacinados e também as mulheres e creanças.   (Infamia!)   Centenas e milhares de seu povo, com suas aconchegadas e confortaveis casinhas reduzidas a cinzas, andam errantes sem lar no seu proprio paiz. Qual foi o crime delles ?   Foi seu crime o terem confiado na palavra de um Rei Prussiano.   (Applauso.)   Não sei o que espera o Kaiser levar a cabo com esta guerra.   (Risos ironicos.)   Tenho cá a minha idea do que elle obterá ;   o que porem pode dizer-se que elle tornou positivo, é que nenhum paiz jamais commeterá esse crime

"AS VIOLENCIAS."

Não me alargarei sobre detalhes de violencias.   Muitas são menos verdadeiras, o que so sempre succede em tempo de guerra.   A guerra é cousa fera e medonha, encarada quer pelo melhor ou pelo peor dos lados—(Ouçam, ouçam)—e não sou eu quem vá dizer que tudo o que se tem dito a respeito de violências é forçosamente verdadeiro.   Mais ainda, direi mesmo que mandando-se dois milhões de homens para o campo da batalha, forçados, conscriptos, obrigados, tocados, forçosamente se encontra sempre entre elles um certo numero que practicará actos de se envergonharia a nação a quem pertencem.   Não me baseio nessas historias.   Contento-me com a historia que os proprios Allemães confessam, admittem, defendem e proclamam—os incêndios, massacres e fuzilamentos de povo inofensivo.   Mas a perfidia dos Allemães ja lhes falhou Entraram na Belgica para ganhar tempo.   O tempo foi-se (Applausos ruidosos e prolongados.)   Não ganharam tempo, mas perderam o seu bom nome.

A QUESTÃO DA SERBIA.

Não é porem a Belgica a unica potencia pequena que tem sido atacada nesta guerra e não procuro desculpas para me referir á questão de um outro paiz pequeno, a questão da Serbia.   (Ouçam, ouçam.)   Foi uma nação trenada em uma horrível escola, mas a sua liberdade conquistou-a, com tenaz valor e sustentou-a com a mesma coragem.   (Applausos.)   Se alguns serbios se acharam envolvidos no assassinato do Grão Duque deveriam ser punidos.   (Ouçam, ouçam.)   A Serbia admitte isto.   O Governo da Serbia nada teve que ver com isto.

(B 636)

A 2