Página:As organizações no ciberespaço.djvu/102

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


93 7 Massificação de conteúdo e copyleft. Duas coisas que acredito serem muito positivas. Por mais que o projeto tenha problemas, não acho que eles sejam maiores que os problemas da Academia ou dos livros, por exemplo. Além disso, as vantagens são inúmeras. 8 É uma inteligência colectiva, uma amostra de uma nova sociedade: o "brave new world" que os escritores de ficção científica anteciparam em seus contos no passado. 9 O conteúdo da Wikipédia pode servir de informação gratuita para quem a procure, tanto para fins educacionais, culturais e comerciais. 10 É uma grande base de dados facilmente acessível e construída pelos usuários para os usuários de forma completamente livre. 11 É uma fonte de consultas, para o bem e para o mal... 12 É um meio importante pra ajudar na educação de jovens e adultos (tem cada mala que aparece) 13 É uma importante fonte de consulta e referência. Se não esta na Wikipédia, não é importante.Todos os dias são criados e eliminados uma quantidade enorme de artigos sobre bandas, cantores, empresas, artistas,políticos etc que buscam promoção pessoal, publicidade ou um outro benefício qualquer. 14 Uma enciclopédia a(c)tualizada e grátis é um produto de grande valor para o aumento dos conhecimentos das pessoas em geral, contribuindo assim para a melhoria da sua qualidade de vida. A minha visão é uma África onde todas as escolas tenham acesso à Internet e onde os professores aconselhem os estudantes a utilizá-la; nessa altura, a Wikipédia (em qualquer língua, incluindo as línguas africanas) pode ser um instrumento de educação e pesquisa de enorme valor. 15 A enciclopédia já pode ser considerada uma referência mundial, pois transmite a informação de forma que todos possam compreendê-la. Pelo seu caráter livre, torna-se importante fonte de consulta imparcial, em constante atualização. 16 A Wikipédia poderia ser (ainda não é, porque a ignorância quanto àquilo que é ainda se mantém, mesmo entre os Wikipedistas mais fervorosos) um complemento essencial à formação académica dos nossos estudantes e um meio onde todos poderiam continuar a aprender ao longo da vida, tomando para si o duplo papel de professor e aluno. Se todos usassem a Wikipédia, se todos pegassem nos textos da Wikipédia com a intenção de os melhorar, de os criticar (na própria página de discussão dos artigos: não fora do âmbito da Wikipédia, onde os Wikipedistas levarão muito mais tempo a aperceber-se das críticas), todos estaríamos a participar no crescimento sustentável do intelecto colectivo. Todos estaríamos a investir em competências intelectuais essenciais. Estaríamos a ensinar a sociedade a ter capacidade de argumentar e a compreender os mecanismos com que os poderes económicos e políticos nos tentam endoutrinar, castrando a nossa capacidade de criticar, desconstruir e decodificar discursos. Ensinaria qualquer estudante a desconfiar daquilo que lê. A dar a sua opinião de forma construtiva, mas também a distinguir facto (verdade colectiva) de opinião (verdade pessoal). Mas isso só seria possível se as escolas, as universidades, os meios de