Página:As organizações no ciberespaço.djvu/18

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


peculiaridades, ainda ocorre uma contextualização com as noções advindas das teorias sobre as novas tecnologias digitais que servirá de estrutura e norteamento de todo o trabalho de pesquisa. Em III — O ciberespaço e a sociedade civil ocorre a apresentação das noções relativas à esfera pública e suas implicações à sociedade com a formação de uma opinião pública. As noções da participação do cidadão em face ao projeto democrático são apresentadas no capítulo IV — O ciberespaço e o projeto democrático. Por fim, há uma análise dos pactos existentes nas organizações e um novo modelo de produção comunitária no capítulo V — O pacto das comunidades na cibercultura. Em todos os capítulos há uma contextualização simultânea das concepções analisadas em face do uso das novas tecnologias digitais. Em virtude da ausência de uma teoria abrangente sobre as organizações sociais no ciberespaço que corroborasse com as teorias das organizações existentes, optou-se por realizar esta análise crítica inicial da Wikipédia lusófona sem enquadrar o objeto em nenhuma concepção existente, para tanto é exposta uma pesquisa exploratória inicial no capítulo VI — A organização dos pares na Wikipédia.

As informações obtidas através das entrevistas são apresentadas em conjunto de comentários categorizadores e elencadores de pontos importantes a serem salientados, tais ações ocorrem no capítulo VII — A Wikipédia pelos wikipedistas, entretanto não é realizada a análise mais complexa das informações, pois isso ocorreu no momento das considerações finais do trabalho.

Por fim, São levantadas as características que possibilitam a estruturação e a manutenção da organização social no ciberespaço, a Wikipédia. Porém, ao realizar uma análise mais complexa das teorias existentes sobre tais organizações surge um vórtice teórico que não permite adequar os modelos organizacionais do ciberespaço às organizações já estabelecidas e estudadas pela ciência. Portanto, lança-se mão de uma nova proposta de definição para as organizações como um todo, independente de sua localização espacial. Tal