Página:As organizações no ciberespaço.djvu/96

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


87 12 Acho que manteria o ritmo pro professor não cortar o meu acesso. 13 Cessaria a minha contribuição. O espírito da Wikipédia esta baseado em trabalho em equipe, colaborativo e voluntário. Contribui quem quer, quanto , como e quando. 14 A não ser que houvesse imposições contratuais que me obrigassem, iria continuar com a mesma intensidade, uma vez que não gostaria de abdicar da minha ocupação profissional. 15 Creio que a mesma intensidade, pois o que me motiva a participar é o gosto em contribuir. 16 Se me pagassem para trabalhar na Wikipédia sentir-me-ia no Paraíso. Mas sei que, ainda que a Wikipédia Lusófona bem precisasse de alguém a trabalhar a tempo inteiro por lá, dada a quantidade de energúmenos que dos dois lados do Atlântico se esforçam por desacreditar o projecto, por todos os meios possíveis, a verdade é que a Wikipédia será sempre o reflexo de quem a utiliza, isto é, no nosso caso em específico, o reflexo da comunidade global que fala em português. A falta de qualidade da Wikipédia Lusófona prende-se ao facto de não existir, nos países lusófonos, uma cultura de amor ao conhecimento pelo conhecimento. O conhecimento é visto como uma forma de ter proventos económicos. Quase ninguém consegue conceber trabalho intelectual grátis. Os mais capacitados para contribuir para a Wikipédia mantém-se nos seus círculos apertados de elite e olham com desprezo o meio Wikipédico, também porque não o compreendem o que é a Wikipédia (julgando que é apenas um manifesto de incorrecção e de conteúdos de pouca qualidade), mas também porque só admitem escrever ou pensar se receberem dinheiro por isso ou se receberem palmarés académicos que lhes afaguem a vaidade. Claro que há excepções. Vejo algumas instituições muito reputadas que sempre mostraram interesse na Wikipédia, fornecendo dados e mesmo mostrando interesse em alguns artigos específicos. Mas é raro ver pessoas com habilitações académicas superiores a participarem na Wikipédia Lusófona. Contudo, deposito grandes esperanças naqueles mais jovens que agora utilizam a Wikipédia da forma correcta (isto é, participando na sua construção, não consultando apenas) e que, tenho a certeza, mostrarão uma atitude intelectual muito superior à mediocridade que reina, infelizmente, nas nossas escolas lusófonas (da escola básica à univerisade). Estes jovens que usam agora a Wikipédia mostrarão capacidades a nível discursivo, argumentativo, capacidade crítica, saberão pesquisar fontes bibliográficas diversas sem cair na tentação do plágio; saberão distinguir opinião de facto, serão objectivos na altura certa, opinativos quando tiver de ser; e, acima de tudo, terão humildade intelectual, que é o primeiro passo para a verdadeira sabedoria. É esse o grande provento da Wikipédia. Negar essa qualidade formativa da Wikipédia (bem usada) é querer manter o conhecimento encerrado nos baús poeirentos das elites. É negar ao povo (de um modo lato) a sua capacidade para crescer intelectualmente, de modo a permitir que a mediocridade intelectual, ainda assim, sobressaia no meio da nulidade. Em terra de cego, quem tem olho é rei. Convém, de facto, às elites, que o povo, em geral, se mantenha na ignorância. Ao atacar movimentos como a Wikipédia, as elites passam, contudo, por defensoras do próprio conhecimento (já que, supostamente, estão a atacar a sua falta de qualidade -- a falta de