Página:As relações luso-brasileiras.pdf/57

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


VIII
A SITUAÇÃO REAL

O Brasil é o melhor dos grandes freguezes da nossa producção exportavel.

Em 1906, ao passo que para a Inglaterra exportavamos 11.440 contos, para a Allemanha 6.651 e para a Hespanha 6.290, mandavamos para o Brasil 5.961 contos.

Mas, em compensação destas vendas, compravamos ao Brasil só 1.965 contos que, com os generos em transito, baldeação e reexportação, ascendem a 2.025 contos; e dos outros paizes recebiamos, em contos de réis:

Inglaterra 
 19.864
Alemanha 
 11.173
Hespanha 
 5.948

Da França importámos 6.836 contos contra uma