Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/238

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
213
AN


menta de 19 de setembro de 1860, mas tambem das. disposições posteriores e das anteriores que ainda se acham em vigor. Rio de Janeiro, 1862, 390 pags. in-So - Caetano da Silva foi o fundador e primeiro redactor do

- Diario do Rio Grande. Rio Grande, 1847 - Este periodico, actualmente no seu triges; mo-sexto anno, te m passado pela redacção de pennas diversas e é o decano dos jornaes do sul do imperio.


Antonio José Caetano da Silva, 2° — Exerceu até o anno de 1879 o lagar de ajlldante do profe~sor de primeiras lettras da companhia de aprendizes artifices do arsenal de marinha da côrte, e nest'l emprego escreveu:

- Arithmetica elementar para uso dos alumnos do arsenal de marinha da côrte. Rio de Jan .iro, 18" - Segunda edição, Rio de Janeiro, 1877, 111 pags. in-8.0

De 1880 em diant não consta dos almanaks o nome deste autor.


Antonio José de Carvalho Chaves — Ignoro sua naturalidade. Só sei que era formado em direito, eutrara para a carreira da magistratura, era desembar gador por occasião da independencia do Brazil, e escreveu; - llf emoria das miuas do Paraguay diamantino na provincia de Mato Grosso - Foi escl'ipta esta memoria em,1822, e vem publicada na Nova lIfinerva, tomo 10, 1845 - 1846, ns. 3,4,6 e 9.


Antonio José da Cunha Gusmão e Vasconeellos — Sei apenas que era presbytero secular, monsenhor da capella imperial e com missaria geral do tribunal da Bulia no Rio de Janeiro, em cujo cargo, sendo proposta a extincção do mesmo tribunal, escreveu:

- Projecto de lei pam a extincção do tdbunal da Bulla, e exposição a respeito, feita por monsenhor Antonio José da Cunha Gusmão e Vasconcellos, etc. Rio de Janeiro, 1828.


Antonio José Domingues - Nascido em Lisboa em 1791, falleceu na cidade de Pelota, provincia do Rio Grande do Sul, pelo anno de 1865.

Concluinlo no lagar de seu nascimento sua primeira educação litteraria, e adquirindo alguns conhecimentos d instrucção secundaria, veiu para o Rio de Janeiro com 16 annos de idade; aqui applicou-se ao estudo da pharmacia, cuja profis<ij:o exerceu por alguns annos, e deixou-a depois para se uar ao magisterio como prof 'ssor publico de gramm'ltica latina na cida e de Porto-Alegre, de onde foi transferido para igual exel'cicio na c:dade de Pelotas,

Era cavalleiro da ordem de Christo. Bom latinista, e tambem poeta,