Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/331

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
306
AN


Sermão prégado no dia em que sua magestade fez annos, em 21 de agosto de 1653. Coimbra, 1665, in-4.°

Sermão prégado no dia de cinza na capella real. Lisboa, 1669, in-4° — Deste sermão faz ó conego J. C. Fernandes Pinheiro menção no seu Curso de litteratura, transcrevendo um trecho que elle considera só ter como rivaes os melhores trechos de Antonio Vieira.

Sermão da primeira sexta-feira de quaresma, na freguezia de S. Julião. Lisboa, 1674, in-4° — Deste sermão transcreve o mosmo conego a bellissima pintura, que faz o orador do homem em geral, e do christão em particular.

Sermão dos Passos do Senhor, prégado ao recolher da procissão. Lisboa, 1675, in-4° — Segunda edição, Coimbra, 1689. Tambem delle faz menção o dito conego Fernandes Pinheiro, citando como modelo de prosopopea um trecho, em que o orador se dirige aos peccadores.

Sermão da Conceição da Virgem Maria na igreja matriz de Pernambuco. Coimbra, 1675, in-4.°

Sermão da quarta dominga de quaresma, prégado na capella real no anno de 1660. Coimbra, 1675, in-4.º

Sermão de S. Thomé, apostolo, na capella real. Lisboa, 1675, in-4.°

Sermão do glorioso S. José, esposo da Mãi de Deus. Coimbra, 1675, in-4º.

Publicaram-se ainda do padre Sá :

Sermão de N. S. das Maravilhas, prégado na sé da Bahia no anno de 1660. Lisboa, 1732 — Esta publicação e as que se seguem, são publicações posthumas.

Oração funebre das exequias da serenissima rainha de Portugal, dona Luiza Francisca de Gusmão, em 1666. Lisboa, 1735, in-4.º

Sermões varios do padre Antonio de Sá, da companhia de Jesus. Lisboa, 1750 — Contém este livro os sermões já mencionados, e mais cinco, de quaresma, que o autor confiara, pouco antes de sua morte, a um livreiro-impressor para dal-os ao prelo, e que o livreiro entendeu melhor encorporal-os aos sermões do bispo de Martyria, dom frei Christovão de Almeida, publicados em Lisboa em 1680.

Memorias dos martyrios do Salvador e de S. Claudio — Ineditos, cujos manuscriptos se achavam em Tibans, segundo affirma Bento Farinha.


Antonio Salustiano do Nascimento Vianna — Nasceu na cidade da Cachoeira, provincia da Bahia, em 1830, filho de Antonio do Nascimento Vianna e de dona Anna Joaquina do Bom-Successo, e falleceu em agosto de 1881 na mesma cidade.

Doutorado em medicina pela faculdade de sua provincia em 1852, serviu algum tempo no corpo de saude da armada, apresentou-se em 1873 ao concurso a um logar de oppositor da secção medica da dita faculdade, e escreveu: