Página:Diccionario Bibliographico Brazileiro v1.pdf/379

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
354
AU


Augusto Fausto de Souza — Filho do negociante Francisco de Souza Fausto e de dona Francisca de Souza Fausto, nasceu na cidade do Rio de Janeiro a 12 de janeiro de 1835, e assentando praça no primeiro batalhão de artilharia em 1853, fez o curso da antiga escola militar, onde recebeu o grau de bacharel em mathematicas e sciencias physicas, subindo a diversos postos ate o de major do corpo de estado-maior de artilharia, por merecimento, em 1874.

Fazendo parte do primeiro corpo do exercito em operações em 1865 e indo em commissão ao Rio Grande do Sul, assistiu á rendição da cidade de Uruguayana e foi ferido por um accidente, solfrendo por isso uma operação no olho esquerdo; regresando ao exercito, veiu ao Rio de Janeiro em dezembro de 1866 a chamado de seu pai, que se achava gravemente enfermo, em dezembro do mesmo anno, e aqui foi nomeado ajudante da directoria do laboratorio do Campinho, e depois director do mesmo laboratorio, em cujo exercicio se conserva; e antes da campanha do Paraguay exerceu o cargo de instructor de topographia na escola de applicação da Praia Vermelha, de lente da escola militar do Rio Grande do Sul, e de repetidor da escola militar da côrte.

E' socio do instituto historico e geographico brazileiro, cavalleiro da ordem de S. Bento de Aviz e da de Christo, condecorado com a medalha da rendição de Uruguayana e a da campanha do Paraguay, e escreveu uma serie de

Artigos humoristicos e moraes — Na Revista popular e no Jornal das familias, 1859 a 1865. Estes artigos foram depois publicados em volume sob o pseudonymo Fausto em 1873.

Organização do exercito — serie de artigos publicados no Jornal do Commercio em fevereiro de 1865 sob o pseudonymo de Tebirissá.

Manual de munições e artificios de guerra, escripto para uso dos inferiores e soldados do exercito brazileiro. Rio de Janeiro, 1874 - Trata dos agentes explosivos, das munições para as armas portateis e para as bocas de fogo, dos foguetes de guerra e de artificios bellicos, com muitas estampas intercaladas.

Explorações das nitreiras naturaes de Minas Geraes — Acham-se publicadas em appendice ao relatorio do ministerio da guerra de 1873.

Estudos sobre as espoletas de artilharia. Rio de Janeiro, 1882, 27 pags. in-4° — Tem algumas figuras intercaladas no texto e sahira antes este escripto na Revista do exercito brazileiro.

Biographia do general José Fernandes dos Santos Pereira. Porto Alegre 1875; 40 pags. in-4.°

Biographia do general Francisco das Chagas Santos. Rio de Janeiro, 1883, in-4.°

Estudos sobre a divisão territorial do Brazil. Rio de Janeiro, 1879 — Esta obra foi pelo autor offerecida ao instituto historico, servindo-lhe de titulo á sua admissão no mesmo instituto, e foi publicada na Revista