Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/22

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DICCIONARIO BIO-BLIOGRAPHICO CEARENSE


Abel Garcia — Filho mais velho do Desembargador Manoel de Souza Garcia, fallecido com 80 annos em Fortaleza em Outubro de 1907, e de D. Angélica de Souza Garcia, nasceu em Fortaleza a 23 de Novembro de 1864.

Bacharel em Direito pela Academia de Recife em Abril de 1886, foi o primeiro cargo, que desempenhou na magistratura da Província, o de Juiz municipal e de orphãos do Termo de Pacatuba.

Prestou optimos serviços ao movimento abolicionista e á politica republicana do Estado como orador e como redactor do jornal Libertador.

Membro influente do Club Litterario, de Fortaleza, foi um dos redactores da Quinzena, na qual escreveu, entre outros, um trabalho sob o titulo A mulher Cearense.

Exerceu por algum tempo o logar de substituto do Juiz Seccional no Ceará (nomeação de 14 de Novembro de 1890), que deixou para acceitar o de Chefe da Policia no Estado do Amazonas, posteriormente o de Desembargador e de novo o de Chefe de Policia após a destituição do governador Fileto Pires, cargo que abandonou para entregar-se á advocacia. Redigiu com outros quando acadêmico a Voz do Povo e o Jornal da Tarde.


Abel Graça — Filho do Conselheiro José Pereira da