Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/23

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Graça (Barão de Aracaty). Nasceu na cidade do Icó a 20 de Janeiro de 1840.

Formando-se em direito no Recife em 1862, serviu no Maranhão os cargos de Promotor Publico das comarcas de Itapicurú-mirim e da Capital, foi Juiz Municipal da Capital do Pará e Juiz de Direito de Santarém na mesma província, de Goyanna, em Pernambuco, e de Santa Maria Magdalena, Resende e Nicteroi, na província do Rio de Janeiro. Em principios de 1889 foi nomeado Desembargador da Relação do Pará, cargo em que se aposentou em 1890, deixando a vida publica.

Administrou a província do Pará como vice-presidente de 17 de Abril a 22 de Setembro de 1870, e como presidente effectivo, de 23 Julho de 1871 a 18 de Junho de 1872.

Representou sua província natal n’uma das legislaturas da assembléa provincial.

Das suas administrações no Pará apresentou longos relatórios, que foram impressos.

Falleceu no Rio de Janeiro a 26 de Setembro de 1897.


Adolpho Bezerra de Menezes (Dr.) — Filho de Antonio Bezerra de Menezes, fallecido de febre amarella em Maranguape em Outubro de 1851 e de D. Fabiana de Jesus Maria Bezerra, nasceu no Riacho do Sangue a 29 de Agosto de 1831. D. Fabiana nasceu na dita povoação a 29 de Setembro de 1791 e falleceu em Fortaleza a 5 de Agosto de 1882 no uso perfeito de suas faculdades mentaes.

Doutor em medicina pela Faculdade do Rio de Janeiro em 1856.

Formou-se na mesma occasião que elle um outro cearense, José Torres de Albuquerque.

Foi mais cirurgião do exercito, secretario interino do Corpo de Saúde e assistente do Cirurgião-mor, cargo de que pediu demissão (26—3—61) por ser incompatível com as funcções de vereador para que fôra eleito.

Seduzido pela politica, foi vereador da Camara Municipal da Côrte quasi 20 annos consecutivos, representou na Assem-

4