Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/33

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


a insígnia de Cavalleiro de Aviz e pelo Governo Provisorio com o officialato da mesma Ordem em attenção aos serviços prestados á Patria.


Agostinho José de Santiago Lima (Conego) —Nasceu a 19 de Abril de 1859 na freguezia de S. Bernardo das Russas, e teve por paes o Tenente Felippe José de Santiago e D.ª Maria de Sant’Anna.

Iniciou os estudos do latim em 1873 na parochia do seu berço, e matriculou-se no Seminário do Crato a 17 de Fevereiro de 1876 tendo sido, todavia, forçado a deixal-o em razão da secca de 1877 e de ser haver fechado aquella casa de educação.

Concluídos os estudos preparatórios e os do curso theologico, recebeu o Presbyterato a 19 de Junho de 1887 e cantou a 1.» missa no dia 29 do dito mês na Matriz de Russas, freguezia para a qual fora nomeado coajuctor no dia seguinte ao da ordenação. Nomeado a 28 de Fevereiro de 1890 para Vigário da freguezia da União, empossou-se do cargo a 13 de Abril, Domingo do Bom Pastor, e nelle se mantém até hoje com gaudio e edificação de todos os seus parochianos. A 15 de Junho foi encarregado da regencia da freguezia de Areias.

E’ membro correspondente do Instituto do Ceará.

Escreveu :

Notas de meu parochiato em Areias com os principaes factos que se prendem á historia da Capella de Grossos, da mesma freguezia, publicadas na Revista do Instituto do Ceará, anno de 1902.


Agostinho José Thomaz de Aquino (Coronel) — Esse homem, a quem o C.el João Brigido descreve como um lobo carniceiro, tramoso e sereno, capaz das maiores perfidias e crueldades, sem um franzir de cara, sempre a fallar manso e adocicado, ainda mesmo arrancando um desgraçado dos braços da mulher e dos filhos para fazel-o fusilar como acon-

14