Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/392

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


956 DOM JOAO VI NO BRAZIL

estatuaria symbolfca: umas figuras de anjos com caveiras na mao, como Hamlets de cemiterio, equi.librando-se sobre as pontas dos obelfscos carregados de tropheos nas bases, onde vinham prender-se as grandcs cortinas de velludo negro que desciam do sobreceo, em forma de coroa, do cenotaiphio guar- dado pela Sabedoria, exhibindo esta inscripgao Hsonjeira a um tempo da Rainha morta e do seu herdeiro:

Se abrigo o Filho Excelso me nao fora, Ao Ceo, donde baixei, volvera agora.

O fallecimento de Dona Maria I suspendera um com- plemento de separagao de que resultaria para o filho um ac- crescimo d essa seguranga pela qual Ihe foi tao cara a terra brazileira. Dona Carlota Joaquina pretendia acompanhar a Hespanha, donde muito provavelmente nao regressaria a America, as duas Infantas que alii iam consorciar-se e cujo embarque foi retardado pela repentina gravidade do estado da avo. "Muito gosto fazia de ser Ella Mesma a Con- ductora de suas filhas, e de as entregar aos seus dous Ir- maos, fazendo com a sua Real Presenga ainda mais festivas e solemnes as ceremonias dos Reaes Consorcios" (i).

Menos de um mez antes do obito da soberana, precisa- mente no dia para o qual fora marcada a partida das In fantas (2), screvia Marrocos ao Pai: "A partida de S. A. R. (Dona Carlota Joaquina) para Hespanha, ou para Lisboa, nao he ja objecto de duvida: os preparos sao decisivos em todos os ramos relatives a este ponto: toda a Familia, assim das Senhoras, como de criados, esta prompta: deram-se a todos as competentes ajudas de custo; I :ooo$ooo

��(1) Padre Luiz Gongalves dos Sanctos, ol). crt.

(2) 23 de Feveredno de 1816.

�� �