Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/523

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


CAPITULO XXIX

��MOVIMENTO CONSTITUCIONAL NO BRAZIL, ULTIMO MINISTERS

��A corrente constitucional, cm communicagao com os dynamos de Lisboa, seguio no Brazil a direcgao norte sul. A primeira descarga deu-se no Para, onde o pronunciamento militar occorreu no dia I 5 de Janeiro de 1821. O governador conde de Villaflor (futuro duque da Terceira) estava au- sente no Rio, administrando a provincia um governo inte- rino. "Nao.era difficil, observa nas suas Memorias o mar- quez de Santa Cruz (i), fazer aceitar as mudangas da Metropole em uma provincia, onde predominava a influen- cia Portugueza, e regida por uma administracao fraca e sem prestigio." ,<

A Bahia ja antes d isso nao inspirava confianga. A 2 de Dezembro escrevia Thomaz Antonio ao Rei : "He conhe- cida de V. M. a manobra secreta da Bahia: todo o mundo conhece e teme" (2). E logo se tratou em despacho de mandar para a antiga capital colonial o conde de Villa- CD I). Itomiuildo Antonio de S-oixas. dc])ois an-dtispo da It a hi a < n(ao vi.u-avio ca]i1ular (li-r,<U>in, o qnal foi air acdninado ],(-Io povo presidente da junta constitucional <M-tfanixada ix>r cssa occ;isiao C-i) ( ml. cit., na P.ihl. Nac.

�� �