Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/543

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DOM JOAO VI NO BRAZIL 1107

gao de concertar a junta local com o governo central, des- manchar a desuniao que se alastrava e deixar o Reino ul- tramarino de algum modo ligado no seu conjuncto poli tico (0-

Tornara-se por fim inadiavel, e de um modo absoluto,

adoptar uma resolugao e uma norma sobre o regresso. O mo- mento apparecia quasi ou mesmo tao angustioso como o de Novembro de 1807. Ja pela demora a volta ia tomando ares de satisfacgao as cortes, nao mais de graga do soberano.

Os que favoreciam ou reputavam indispensavel a Ida do Rei, sem quererem saber si esta Ihe era ou nao agradavel, comtanto que servisse seus pianos, argumentavam por forma que declaravam decisiva com a sedica ameaca da reuniao

��(1) O motive principal de abandonar-se esta idea foi, ao que pareee, a declarac,ao do al mil-ante con do de Yianna do que, caso ai- ribasse & B.ahia e se demorasse, nao lograria a osquadra proseguir a viagem por falta de vivoros, que com difficuldade se tinham rennido para tanta gente quanta a que einbarcava, e soffrendo o governo os peores apuros de .dinlieiro.

A opiniao expressa por Palmolla era que o Rei mesmo se nao dirigisso ;1 P.ahia, ignorando-se no Rio como seria elle recebido pelas novas auctoridadt s da c6r constitucional, fi .jas ais itosicoos se nao podiam exactamente prever : mas que "mandasso ]>ara la o bergantini com as suas Regias ordens a Junta, acompanhadas de um Manifesto conforme ao osjiirito da nova ordem de cous-as que S. ^NI. adoptou e iurou manter, indo o rosto da esquaoi ;! e-perar cm Pernambuco pela

ivuniao do mesmo bergantim No caso pon m (i\io ha.ia alguma

i sp:M-anga fundada de que a presenqa de S. M. na P.ahia baste

para sanar a scisao <iue aotualmcntu existe entre aquella Provincia e o Governo central ; indo S. M. firmemente determinado a nao se de- morar na arrlbada mais de oito dias, e a n-fn/or os navios da SUM (siiuadra so de agiMda o de algumas prDvisSes indlspensavels, (]-.n i seria summamonte de des(\jar iiod.-ssem pagar-se por meio de lettras, ou do algum modo similhante, sem ser a .custa dos habit antes da Ba- ]. ;., . ,r. () i:, s ;i;!rii n cst j caso OH der.larar <iu:> coasidero por muito mais conforme a dignidade d El-Rei o aos inleresses da Xac.-ao e da < ;>roa o fazer esta ultima diligencia para deixar o P.rasil unido c tranquillizado, antes do que proseguir a viagem no estado de duvida em que tudo fica n este continente." ( J>fxp<n-lio8 e Correspondence, Tomo I).

�� �