Página:Espontaneidades da minha alma.djvu/119

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

— 119 —

E se ousado alguem na terra
Me disser qu'isto não é —
Mesmo em risco a propria vida
Bradarei — Não tenho fé!




HYMNO


AO EXCELLENTISSIMO SENHOR

Adrião Accacio da Silveira Pinto.

Nobre Accacio eis um hymno de gloria
Em noss’alma do imo a vibrar,
Em noss’alma, qu’é tua d’ha muito,
Porque nella sempre has de reinar!

Gloria a ti que nos reges bondoso
Nestes plainos do ardente torrão,
Onde a espr’ança já morta renasce,
Arvorando o seu nobre pendão!

Lá ouvimos do Douro famado
O teu nome tão alto a soar : —
Os teus feitos não mentem — só dizem
Que o teu brilho nunca hade murchar!

Gloria a ti que nos reges etc.