Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/61

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


O GONDOLEIRO DO AMOR


BARCAROLA


— DAMA NEGRA —


Teus olhos são negros, negros,
Como as noites sem luar...
São ardentes, são profundos,
Como o negrume do mar;

Sobre o barco dos amores,
Da vida boiando á flor,
Douram teus olhos a fronte
Do Gondoleiro do amor.