Página:Flora pharmaceutica e alimentar portugueza.djvu/16

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


8 FLOBA PHARMACEUTICA mxàns-, por isso dou aqui os caracte- res específicos desta segunda. . V. Charaaídris Verónica Carvalhinha. Raciraos lateraes : folhas ovadas, rentes, rugo- sas, dentadas; caule piloso em duas direcções. Habita nos prados e junto dos ribeiros perto de Bragança. Floresce em Maio. Perenne. Rosmarinus. Calyx bilabiado; o labio superior inteiro, o in- ferior bifendido; corolla bilabiada , labio su- perior bipartido: filetes simplices, com hum dente. R. officinalls Alecrim, Folhas rentes, margens reviradas para baixo. Pharm. summidades, flores. Caule fructicoso de dous , três , ou mais pés , de alto, ramoso; casca cinzenta gretada; ramos oppostcs , levantados , os mais tenros quadran- gulares , cmpubescidos. Folhas oppostas , de curtos peciolos , lineares , de margem revolta , d' hum verde diluido , ru- gosas, escabrosas, hum tanto luzidias, rugo- sas tambcm por baixo, de hum cotanilho es- branquiçado, patentes, mais longas que os en- tre-nóz. Corymbos pequenos, terminaes , simplices, pou- co mais longos que as folhas , levantados , miudamente cotanilhosos. Bracteas elevadas, levemente agudas, concavas, junto dos pedicellos , solitárias , exteriormente cotanilhosas, interiormente glabras, mais cur- tas que os pedicellos.