Página:Horto (1910).djvu/265

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


E o meu sorriso e as minhas esperanças,
Essas ingênuas ilusões de um dia,
Toda essa luz que as almas das crianças
Num raio de luar acaricia...

Que tudo venha sobre mim cantando
O salmo doce da recordação.
Qual se pousesse um luminoso bando
De passarinhos no meu coração...