Página:Iliada de Homero.djvu/7

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


AO LEITOR




A presente obra, que hoje pela primeira vez apparece vertida para o portuguez, é de um merito tão reconhecido, que, apezar do ser só apreciada devidamente por aquelles que sabem o Grego, todos lhe rendem preito por sua alta nomeada. Muitas versões tem sido feitas para outras linguas e muitas só em francez, mas poucos se gloriam du haver interpretado o toxto e nenhum já chegou a causar aquella admiração, que sorprehende a todos, que lém e entendem o original grego.

Ninguem desconhece a difficuldade da lingua grega, e traduzir-se as obras de Homero, escriptas em tão distante antiguidade sob a inspiração do outros costumes, de civilisação mui differente da de hoje, moveis que tanto faliam á imaginação e a predispõe; parece um trabalho muito além do que podem fazer os nossos contemporaneos. As palavras, os signaes pelos quaes so exprimia o pensamento nesses tempos encontram traducção na actualidade, em que tão rica cada vez se orna mais a linguagem fallada, porém o pensamento que as determinava não pôde hoje ser reproduzido fielmente.

Entretanto, tem sido a traducção de Homero o trabalho preferido por distinctos litteratos hellennistas e até porquem, como o distinctissimo Monti nada entendia do Grego, cousa que já não é de admirar entre nós porque já o mesmo fez o illustre Visconde de Castilho.

Monti, é fama, de entre os que traduzido tem a Iliada, é um dos mais felizes, e a traducçã de Mme. Dacier passa como sendo de superior merito.