Página:Iliada de Homero.djvu/9

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


que acresceria, ao mesmo tempo que prestamos um serviço à nossa patria, e especialmente à nossa província o Maranhão, que se orgulha de ser berço do Homero Brasileiro.

E para tornar mais fácil à inteligência o interesse da Epopéa Grega habilmente vertida por Odorico, julgamos oportuno offerecer ao leitor um resumo do objeto de cada um dos seus respectivos cantos:

ASSUNTO DA ILÍADA

O rapto de Helena, mulher de Meneláo, feito por Paris, um dos filhos de Príamo, rei de Troia, fez com que os Gregos confederados declarassem guerra e sitiassem esta cidade, que foi por eles tomada e destruída depois de um cerco de dez anos (1720 A.C.)

O objeto da Ilíada é um episódio do nono ano deste cerco, quando Agamemnon, chefe do exercito, ultrajou a Achilles, o mais valente dos Gregos.

Irritado, o heróe retirou-se á sua tenda sem pretender mais combater. Os Troyanos, notando a sua ausencia, tomaram coragem, atacaram o campo dos Gregos ficando os navios destes em risco de serem queimados. Achilles, apesar da inação a que votou-se, consentiu que Patroclo, seu amigo, se revestisse de suas armas e guiasse suas tropas contra os Troyannos.

Patroclo tendo sido morto por Heitor, o implacável filho de Peleu jurou vingar a morte de seu amigo, e combatendo de novo ornado de novas armas, que a pedido de sua mãi Vulcano havia preparado, investiu contra Heitor, e imolou-o, aos manes de Patroclo. E depois de haver insultado os restos mortais de seu inimigo, entregou-os á Príamo, pai de Heitor que os pedira ao heróe.

I

Exposição do assunto. — Chrises, sacerdote de Apolo, vem ao campo dos Gregos para resgatar sua filha. — Repelido e ultrajado por Agamemnon, invoca a proteção de Apolo. — A peste, como um castigo divino, lavra pelo exercito Grego e mata muitos de seus heróes. — Achilles convoca a reunião dos chefes, promete sua proteção ao adivinho Chalcas, e lhe pergunta a causa da colera de Apolo. — O adivinho a revela e indica como unico meio de afastar o flagelo a restituição de Chryseida. — Colera de Agamemnon contra Chalcas: suas ameaças contra Achiles. — Este lança mão da espada, Minerva lhe aconselha, e dócil à voz da deusa limita-se a responder apenas com insulto o recebido ultraje. — Agamemnon forçado a restituir Chryseida a seu pai, toma de Achilles a cativa Briséida. — Achilles, indignado, não quer mais combater pelos Gregos; invoca sua mãi Thetis, que o consola e lhe promete vingança. — Vólta de Chryseida à sua patria; sacrifício em honra de Apollo. — Entrevista de Thetis e de Jupiter consentindo em dar a victoria aos Troyannos. — Queixas de Juno e ameaças de Jupiter em presença dos habitantes do Olympo. — Graças à intervenção de Vulcano, restabelece-se a paz na assembléia dos imortais.

II

Jupiter envia um sonho á Agamemnon, mandando armar os Gregos, e prometendo-lhe a vitoria antes do fim do dia. — Discurso de Agamemnon na reun ão dos chefes. — Nestor toma a palavra e con-