Página:Jornal das Famílias 1878 n01.djvu/17

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esta página contém uma imagem. É necessário extraí-la e inserir o novo arquivo no lugar deste aviso.


— Un ange, sans doule, moins les ailes,
— Mienx que cela, un ange de femme.

J. SAINT-FÉLIX.

I.

Os poetas e sonhadores que pretendem idealizar a mulher e transformal-a em anjo, em natureza etherea e toda intellectual encontrariam n’esta um modelo.

Nóla é uma moça de maravilhosa belleza, mas belleza suave e soberana, permittam-nos a expressão, que se não tem senso commum é familiar aos poetas.

É morena, seus cabellos anellados e pretos. Pequena, elegante e delicada como essas flores do Oriente que o mais leve sopro de vento leva.

Olhos grandes de um negro profundo; cornêa limpida d’onde se irradiam mil reflexos. O sorriso de seus labios tem essa suprema doçura das virgens de Leonardo.

Em todos os seus traços nota-se essa expressão de suave candura que invencivelmente obriga os mais audazes a baixarem os olhos.