Página:Obras de Manoel Antonio Alvares de Azevedo v1.djvu/163

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Sobre os meus... eu quero-os ver
Para morrer!
 
Guarda contigo a viola
onde teus olhos cantei...
E suspirei!
Só a idéia me consola
Que morro como vivi...
Morro por ti!
 
Se um dia tu'alma pura
Tiver saudades de mim,
Meu serafim!
Talvez notas de ternura
Inspirem o doudo amor
Do trovador!