Página:Obras de Manoel Antonio Alvares de Azevedo v1.djvu/293

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 285 —

Como o vinho espanhol, um beijo dela
Entorna ao sangue a luz do paraíso...
Dá morte num desdém, num beijo vida
E celestes desmaios num sorriso!
 
Mas quis a minha sina que seu peito
Não batesse por mim nem um minuto,...
E que ela fosse leviana e bela
Como a leve fumaça de um charuto!




III

VAGABUNDO


Eat, drink, and love; what can the rest avail us?
BYRON, DON JUAN.


Eu durmo e vivo ao sol como um cigano,
Fumando meu cigarro vaporoso,
Nas noites de verão namoro estrelas,
Sou pobre, sou mendigo e sou ditoso!