Página:Os Vilhancicos.pdf/82

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

78 : OS VILHANCICOS :

Estribilho

Eylo vay,
Mano Manoel, eylo vay,
Ora sus anday,
Pois q̃ estamos na India, ẽ Belẽ, Portugal,
Que isto faz Amor,
Que isto Amor faz,
Que vos hei de querer,
Que vos hei de amar,
Que não posso mais, eylo vay,
Ora sus anday.

Coplas

Desta sorte a chusma
Chegava ao Portal,
Em que o Sol divino
Seu Oriente faz.
E vendo o Minino
Com os Reys tratar,
Remoques amantes
Cada qual lhe dá.
Falaime minha Alma,
Olhay para cà,
Supposto que tudo
Vedes donde estais.
Se vos dão presentes
Os Reys de Sabá,
Nòs vos damos a alma,
Vede qual he mais.
Cahio vos em graça
O mundo, oxalá,
Fora este caïr
Novo levantar.
O ver que os cativos
Vindes resgatar,
Esta liberdade
Ma cantiva mais.
Atento o Minino
Escutando está
Affectos amantes
De peitos leaes.
Com hum riso brando,
E hum suave olhar,
Da finesa em premio,
Todos satisfaz.