Página:Pacotilha poetica.pdf/135

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
131
deva corrigir?


HOMENS

2 Que gostais de certa cousa,
  Dizem todos por ahi;
  Não rendais cultos diarios
  A' bella de Paraty?!

3 Tendo vós medo de tudo,
  Sois tão traidor como um rato,
  Se tirais qualquer sardinha
  E' só pela mão do gato.

4 Se olhais p'ra qualquer senhora,
  Pensais logo que vos ama;
  E o peior é que o assoalhais
  Pelas cem bocas da fama.

5 Deverieis ser discreto,
  Que é bem feia a indiscrição;
  Mas em parte eu vos desculpo,
  Tendes franco coração.

6 Sois no jogo arrebatado
  Quando não vos corre bem;
  Em casa, cheio de iras,
  Gritais mais do que ninguem.

7 Nunca dos outros falais,
  Que nisso não sois Riseu,
  Mas o muito que falais
  São só louvores ao — eu!