Página:Pacotilha poetica.pdf/215

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
211
com seus parentes?


HOMENS

2 Nem uma! Se ricos são
  Hão de cedo pobres ser;
  Assim tambem vossos dentes
  Hão de cedo apodrecer.

3 Pouca! Os vossos parentes
  Têm ura coração de fel!
  São uns zangãos que só querem
  Sem trabalho acharem mel.

4 Como são vossos amigos,
  Hão de assaz vos deixar
  Boas dividas que por honra
  Tereis breve de pagar.

5 Pede a Deus de noite e dia,
  Que lhes dê summa ventura,
  Lucrarás tambem com isso,
  Que nadarás na fartura.

6 Todos elles são uns pingas,
  Que querem de vós pilhar:
  De taes nescios preguiçosos
  Não ha nada a aproveitar.

7 Hão de tributar-vos tanta
  Amizade em nada vaga,
  Que vos darão um palacio
  Lá na praia da Azinhaga.